Tenha uma hortinha de plantas medicinais em casa

Tenha uma hortinha de plantas medicinais em casa

Há uma longa lista de plantas medicinais que podem ser cultivadas em casa. Algumas dela são, comumente usadas em forma de chá, já outras como condimentos. Investir em uma hortinha caseira é uma ótima opção para cultivar remédios naturais.

Assim, manter essas plantas para jardim também é uma maneira simples e práticas de obter mais saúde no seu dia a dia, uma vez que você terá controle sobre o manejo. Além disso, a manutenção dessas espécies pode ser uma excelente tarefa para aliviar o estresse. Confira abaixo algumas ervas medicinais que podem ser cultivadas em casa.

Regulando o sono com plantas medicinais

Regulando o sono com plantas medicinais - Melissa

A melissa é uma espécie muito fácil de cultivar. É só encostá-la na terra que ela solta raízes, gerando novas mudas. Essa planta medicinal é conhecida desde a Grécia Antiga, quando era usada como sedativo leve e para tratar problemas do sistema nervoso. Também é ótima para regular o sono, nervosismo, ansiedade, pressão alta e até a herpes labial.  Veja como plantar:

  • Tenha um vaso de cerâmica com, no mínimo, 30cm de profundidade;
  • Faça uma camada no fundo do vaso com pedrinhas de argila, que servem para drenar a água;
  • Preencha o vaso até um pouco mais da metade com terra enriquecida com adubo;
  • Pegue uma muda com pelo menos 30 cm;
  • Retire as folhas dela, deixando só o galho;
  • Coloque esse galho deitado na terra e cubra com terra úmida;
  • Regue diariamente até que brote;
  • Se a temperatura estiver amena, irá demorar cerca de 2 a 3 semanas para nascer.

Sua contraindicação é apenas para pessoas que possuem alterações na tireoide ou baixa frequência cardíaca.

Tratando problemas de digestão

Tratando problemas de digestão com plantas medicinais - Boldo

O boldo é um excelente remédio natural que trata problemas de digestão, dores abdominais, úlcera, complicações no fígado e espasmos, principalmente quando consumido em forma de chá. Então, são muitos os motivos para ter sempre esta plantinha em casa. Confira como plantar:

  • Por gostar muito de sol, é indicado que ela fique em lugares iluminados. No entanto, esta planta não resiste muito bem ao frio intenso, principalmente a geadas;
  • Você pode plantar boldo diretamente na terra ou em vasos ou jardineiras;
  • Ele se propaga por meio de seu galho. Portanto, se optar por plantar na terra, mantenha um espaçamento de pelo menos 1 metro entre mudas;
  • Se optar por vasos ou jardineiras, certifique-se de escolher um recipiente com, no mínimo, 30 cm de altura;
  • O adubo orgânico é suficiente para garantir um crescimento saudável;
  • Não é necessário regar diariamente, apenas quando ver que a terra está muito seca.

Após seis meses do plantio, já é possível realizar a colheita das folhas. O jeito ideal é cortando a parte final das folhas de boldo.

Ação Analgésica

Ação Analgésica com plantas medicinais - Capim Limão

O capim-limão é um planta medicinal com diversas propriedades analgésicas e anti-reumáticas. É comumente usado para tratar dores musculares, espasmos e problemas gastrointestinais. Em forma de chá, tem ação calmante, combate cólicas e ainda funciona como um leve analgésico. Já como compressas, ajuda a tratar doenças de pele. Veja como adicionar o capim-limão à sua horta medicinal:

  • Para melhor desenvolvimento, opte por plantar em lugares luminosos, quentes e úmidos;
  • Procure por um solo drenado fértil e rico em matéria orgânica;
  • Irrigue de forma a manter o solo úmido, mas sem ficar encharcado;
  • Para plantio, retire mudas com algumas raízes, consistindo em uma haste grossa ou duas hastes finas;
  • O espaçamento recomendado é de 40 à 100 centímetros entre as plantas, dependendo da fertilidade do solo;
  • O capim-limão pode ser facilmente cultivado em vasos grandes, com pelo menos 30 centímetros de diâmetro;
  • A colheita das folhas pode acontecer três ou quatro meses após o plantio;
  • Colha folhas individualmente quando necessário.

[do_widget id=custom_html-14]

Anti-inflamatório

Anti-inflamatório com plantas medicinais - Hortelã

Além de dar um sabor delicioso a receitas, a hortelã é muito utilizada para reduzir enjoos, enxaquecas e dores abdominais. Também tem propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, gastrointestinais e atua como um repelente natural de insetos.

As hortelãs são plantas de fácil cultivo desde que se tenha solo rico e bastante água disponível e é essencial para sua horta medicinal. Portanto, saiba como planta-lá:

  • Escolha um canteiro de hortas com solo fértil e rico em matéria orgânica ou plante diretamente no local definitivo;
  • Caso plante em vasos, certifique-se de que tenham furos de drenagem no fundo;
  • A hortelã não exige muito espaço, mas precisa ser instalada em local com bastante incidência de luz;
  • É indicado que, entre fileiras, a distância seja de 20 e 40 centímetros entre as plantas;
  • Dê preferência a adubos orgânicos;
  • Regue no primeiro horário da manhã e/ou no fim do dia. Repita mais vezes durante o dia quando a temperatura estiver quente;
  • A colheita acontece cerca de 40 dias após a realização do plantio;
  • Para retirar, faça um corte a 5 centímetros do nível do solo, descartando ramos velhos e folhas escuras.

Cuidando da pele

Cuidando da pele com plantas medicinais - Aloe Vera

Também conhecida como aloe vera, a babosa é muito presente produtos de beleza. Importante para a saúde do cabelo e pele, suas propriedades ajudam no controle da queda dos fios e no combate à caspa. A sua composição tem ação antisséptica e contribui para a multiplicação celular, ajudando a cicatrizar feridas. Entretanto, é importante verificar as contraindicações do chá antes de ingerí-lo.

Vale lembrar que apenas a aloe vera lisa pode ser ingerida. A rajada só pode ser usada na pele. Confira como cuidar da sua planta medicinal:

  • Deixe em um local ensolarado, como a janela da cozinha, pois na sombra a aloe vera não se desenvolve;
  • Regue com abundância, mas sem exagero e somente quando o solo estiver seco;
  • Fertilize a planta entre outubro e março, pois é época do crescimento;
  • Fique atento com insetos, pois algumas pragas podem atacar a planta.

Você pode encontrar essas sementes e vasos já plantados em floriculturas ou lojas especializadas em plantas. Não esqueça de nos contar quais dessas plantas medicinais você irá inserir em sua hortinha.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Conteúdos que você vai gostar também: