Leve a tendência do maximalismo para o seu lar

O minimalismo foi uma verdadeira febre nos últimos anos. Uma filosofia de vida e decoração que visa ter menos para viver mais. No entanto, esse estilo não combina com todas as pessoas. Afinal, há quem ame misturar estampas, cores e possibilidades no décor. Assim, também existe o maximalismo.

Basicamente, no maximalismo “mais é mais”. Ou seja, o exagero está mais do que permitido! Uma casa maximalista usa e abusa de mix de estampas, objetos decorativos, cores vibrantes, toques dourados, quadros e mix de tecidos. O visual fica único e reflete a personalidade do morador.

O resultado fica demais, né? Se você acha que o décor maximalista tem tudo a ver com o seu estilo, confira algumas ideias de como implementá-lo aí no seu lar!

Quais são as principais características do maximalismo?

Se você ainda está em dúvida sobre o que é maximalismo, a gente vai explicar melhor. Nos últimos anos, vimos o estilo minimalista tomar conta das casas, das tendências de decoração e dos programas de televisão. O estilo escandinavo, com tons neutros e sem acúmulos foi destaque. Figuras como Marie Kondo, que falam sobre vida editada, fizeram muito sucesso. 

Mas para algumas pessoas, o minimalismo pode ser visto como uma forma restritiva. Afinal, com ele é preciso editar a vida constantemente. Já que a função tem mais importância do que a estética ou o apelo emocional de algum item. Na teoria maximalista, as coisas mudam de figura. Para o arquiteto Robert Venturi, “menos é chato”. E muita gente concorda.

Os maximalistas acreditam que os ambientes devem refletir as suas histórias, gostos pessoais e desejos. Nos ambientes maximalistas, a decoração é mais ousada. No entanto, engana-se quem pensa que são apenas ambientes abarrotados com acúmulo de itens. O maximalismo é cheio de propósito e visa enaltecer a história pessoal de cada pessoa. 

Maximalismo: um estilo sem regras

Os ambientes de uma casa são, sim, uma maneira de expressar a sua criatividade e personalidade. Cada pessoa tem o seu jeito próprio de montar um espaço maximalista. Você pode, por exemplo, investir no mix de estampas com papéis de parede, no piso, nas roupas de cama e também em toalhas com padrões bem diferentes. Há quem aposte tudo nesses elementos e não insira outras decorações.

Por outro lado, outros preferem tons bem fortes nas paredes e no chão. Enquanto também capricham muito em decorações como objetos de artes, quadros, lembranças de viagens, fotografias, livros e discos. Vale tudo o que a imaginação do decorador mandar. A regra é que não existe regra!

Montando salas maximalistas

Portanto, a sala é um ambiente perfeito para adotar o visual maximalista. Como é o espaço onde recebemos as visitas, ela permite uma decoração bem descontraída. Um caminho possível para criar essa ambientalização é pensar em uma história para contar. 

Você pode, por exemplo, escolher móveis que remetam a uma época passada, da qual você goste muito. A partir daí, construa aos poucos essa estética apostando em papéis de parede ou pintura. Inclua um ou mais tapetes e capriche nos objetos decorativos. 

Inclusive, a iluminação é outro ponto-chave em um ambiente maximalista. Com luminárias você pode criar pontos de atenção para espaços ou elementos que você queira destacar. Os designs de diferentes luminárias também ajudam a compor o ambiente maximalista de forma bem especial.

Maximalismo no quarto

E quem disse que maximalismo e sono não combinam? Para quem curte uma decoração cheia de personalidade, ele pode e deve ser incorporado ao quarto! Assim como nas nossas inspirações, uma roupa de cama bem vibrante e estampada já garante um visual único ao ambiente. 

Ainda no que se refere à cama, você pode fazer um mix com colcha e lençóis bem contrastantes. Depois, incluir muitas almofadas de tamanhos, formatos e estampas diferentes. Isso vai dar um ar luxuoso e mais carregado ao ambiente, além de proporcionar o conforto de uma cama fofinha.

Já para complementar o ambiente, não podem faltar decorações nas mesas de cabeceira, um tapete aos pés da cama e, claro, muitos quadros! Você também pode incluir algumas das suas roupas favoritas em araras. 

E então, gostou das inspirações? Você acha que esse estilo combina com a sua casa?

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Conteúdos que você vai gostar também: