Conheça os tecidos para roupa de cama mais utilizados

Uma cama macia, confortável e bonita é o sonho de todo mundo, né? E conquistar esses atributos especiais que deixam o nosso sono muito mais gostoso depende de uma série de fatores, que envolvem colchão, travesseiro e os tecidos para roupa de cama.

Os tecidos variam bastante e não existe apenas um material bom, mas sim opções que se adequam ao seu estilo de vida e preferências. Confira abaixo as características de alguns dos tecidos mais comuns no universo de lençóis, colchas, edredons e almofadas.

Percal

Um dos materiais mais utilizados na produção de lençóis e colchas, o percal geralmente é feito com 100% algodão, mas também pode ser criado com outros materiais. É uma boa escolha para o dia a dia, pois oferece excelente conforto térmico, é macio, suave ao toque e resistente. 

Geralmente, são itens foscos, mas podem ter acabamentos especiais que conferem brilho. Peças de percal não desfiam com facilidade e, apesar da maciez, são densas. Com certeza, ao investir em uma peça de percal, você terá um produto que te acompanhará ao longo de muitos anos. Nós temos uma ampla variedade de lençóis em percal, navegue pelo site e confira! 

Algodão egípcio 

Conforto e sofisticação são as palavras que melhor definem o algodão egípcio, que é uma variação nobre do algodão comum. Como é cultivado às margens do rio Nilo, recebe condições climáticas vantajosas para o cultivo, gerando um fio longo, resistente e extremamente macio. 

Assim como o algodão comum, o algodão egípcio é muito versátil e oferece uma boa circulação de ar entre suas tramas. A resistência e a durabilidade também são características de destaque. Com os cuidados certos, essas peças também te acompanharão por muitos anos!

Cetim

O cetim também é um material muito versátil, que oferece centenas de possibilidades para vestuário e decoração. Dentre os tecidos para roupa de cama é uma boa opção para a produção de lençóis e fronhas, pois seu toque liso e macio não causa atrito com a pele e com o cabelo.  

Esse tecido pode ser feito em seda, algodão e acetato. Para as roupas de cama, o cetim de algodão é a melhor opção, pois oferece conforto térmico, toque macio e um caimento impecável para a cama. Isso, é claro, sem deixar de lado o brilho, a característica mais destacada do produto. Quer conhecer melhor este tecido? Visite o nosso site.

Microfibra

Quem não ama uma manta de microfibra para aquecer os dias mais frios? Esse material geralmente é feito com uma mistura de poliéster e algodão, unindo a retenção de calor do primeiro à durabilidade do segundo. Elas podem ter um acabamento felpudo e são muito duráveis. 

Outra vantagem da microfibra é que é simples de lavar e seca rapidamente, já que tem um fio extremamente fino. Como não amassa, está sempre pronta para ser exposta e é uma ótima peça para dar acabamento à cama.

Linho

Um tecido nobre, elegante e sofisticado! O linho é uma fibra natural, extraída do talo de uma planta cultivada em lugares frios, como algumas regiões da Europa. Por isso, tem pouquíssimas culturas no Brasil. 

Ele oferece uma sensação de frescor, já que absorve a umidade com facilidade e permite que nossos corpos respirem durante a noite. Durável, não perde a maciez e o toque macio com o passar do tempo.

Liocel

O liocel é extraído da celulose da polpa da madeira, geralmente o eucalipto. É uma opção ecológica, pois é obtido de florestas autossustentáveis. Ele também é hipoalergênico e tem baixa propagação bacteriana, uma boa opção para quem tem alergias.

O tecido liocel absorve bem a umidade e não precisa de muitas lavagens, o que contribui para a sua durabilidade e também o torna uma opção prática e de baixa manutenção. Isso sem contar o acabamento para lá de especial!

A cara do conforto e do inverno, a lã transmite essa sensação de aconchego e relaxamento. Originalmente, é uma fibra de origem animal, que pode ser feita com os pelos de ovelhas, alpacas, lhamas, carneiros, entre outros. Hoje, há também a opção de lã artificial, feita em acrílico ou poliéster. 

É um fio durável, que resulta em tecidos para cama, como o tweed, o chenille e a flanela. Muito usada em mantas, a lã também é uma boa opção na confecção de colchas e cobertores. Tem como vantagem sua resistência e característica respirável, apesar de bem quente. 

Seda

Elegante, a seda tem fama de luxuosa e exclusiva, sendo obtida por meio do bicho-da-seda. Para a produção de um carretel de linha, são necessários até cinco casulos. O Brasil é um dos maiores produtores de seda do mundo, ficando atrás da China, Japão e Índia. 

Os produtos confeccionados com a matéria-prima ficam quentes no inverno e frescos durante o verão. Eles também têm acabamento brilhante e fino, muito especial. Porém, as peças têm uma manutenção mais delicada, é preciso seguir com cuidado as dicas do fabricante. 

Quais desses tecidos para roupa de cama é seu favorito?

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens dos variados tipos de tecidos para roupa de cama, qual você vai escolher na sua próxima compra? É importante levar em consideração todas essas características dos tipos de tecido, assim como as estampas que mais te agradam, a tradição e a qualidade do fabricante. 

Para conhecer todas as opções de tecidos para roupa de cama disponíveis no nosso site, navegue pela seção de cama e encontre as peças que fazem o seu estilo! Não esqueça que um sono de qualidade também passa pela escolha do colchão e do travesseiro, monte uma cama completa!

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Conteúdos que você vai gostar também: