Aprenda como fazer um arranjo de flores

Os arranjos de flores são decorações atemporais e versáteis. Eles dão vida a festas, como casamentos ou aniversários. Decorar eventos formais, como convenções de trabalho. Ou até deixar seu dia a dia muito mais alegre! Aprender como fazer um arranjo de flores bem bonito pode ser o toque final de que sua casa precisava.

Existem alguns passos que facilitam a montagem de um arranjo de flores. E a partir do momento em que entender as dicas de arranjos de flores, consegue adaptá-las às flores que tem. Você pode personalizar seu arranjo de flores de acordo com o seu estilo de decoração. 

Primeiro passo de como fazer um arranjo de flores: escolha as flores!

Primeiramente, pense em quais espécies você gostaria de incluir em seu arranjo de flores. Se não souber exatamente de quais mais gosta, pense na paleta de cores. Para ter o amarelo como destaque, por exemplo, você pode começar escolhendo girassóis e, a partir disso, encontrar cores complementares em flores menores. 

Esse é outro ponto importante: escolha pelo menos duas espécies para compor seu arranjo. Assim, ele fica mais cheio, vibrante e interessante. Se você preferir seguir com apenas uma espécie de flor, busque folhagens que complementem o visual do seu arranjo de flores naturais.

Um arranjo de flores artificiais é uma boa opção para quem prefere algo com mais durabilidade e praticidade. Nesse caso, é  mais fácil realizar a montagem e a manutenção, mas escolha bem suas flores para elas parecerem mais realistas. 

Defina o vaso ideal

Todas as ideias de arranjos de flores dependem também de um belo vaso. Você pode usar diversas opções, como vasos de vidro, de cerâmica, de plástico. Ainda é possível montar arranjos em tigelas, pratos, garrafas… Tudo depende do propósito do seu arranjo e do estilo que você quer seguir. 

Geralmente, os vasos de vidro ou cerâmica são os mais versáteis e elegantes. Por terem acabamentos especiais e cores refinadas, eles são os queridinhos de quem monta arranjos para eventos. Assim, eles também podem ser opções mais práticas, pois não demandam suporte extra dependendo das flores utilizadas. 

Suporte bem suas flores

Por falar em suporte, ele é fundamental sempre que pensamos em como fazer um arranjo de flores! Ele garante que as flores fiquem no lugar durante um bom tempo. Por isso, são bem importantes em arranjos de festas ou aqueles que serão transportados. Os suportes dependem dos tipos de arranjos de flores e existem algumas opções diferentes.

  • Espuma floral: deve ser molhada antes da utilização e pode ser cortada de acordo com o tamanho do vaso.
  • Kenzan: é uma placa pesada com agulhas de latão para fixar as flores, excelente para caules mais pesados.
  • Tela de arame: flexível, pode ser utilizada em vasos de diversos tamanhos para fixar bem as flores e folhas.
  • Pedras ou galhos: são opções naturais utilizadas por algumas pessoas para montar um arranjo de flores, porém não oferecem suporte tão fixo quanto as outras opções.

Hidratação é fundamental

O segredo de como fazer um arranjo de flores ficar bonito e durar por mais tempo no décor do seu lar é a hidratação. Por isso, a espuma floral deve ser totalmente encharcada antes do uso, e itens como kenzan e tela precisam ser utilizados junto à água no vaso. 

Uma maneira de aumentar a superfície de contato com a água e potencializar a hidratação é cortar os talos das flores e das folhas na diagonal. Isso aumenta a absorção de água e pode fazer seu arranjo floral ficar bonito por até 10 dias! Atente-se sempre à quantidade de água no vaso para seu arranjo continuar bonito.

Hora da montagem

Com as flores, o vaso e o suporte ideais escolhidos, chegou a hora de montar seu arranjo! Comece posicionando o suporte no fundo do vaso e adicionando a água. Em seguida, escolha a flor que terá mais destaque no seu arranjo e posicione-a no ponto central do vaso, onde ficará acima das demais flores. Lembre-se de cortar o talo na diagonal, hein?

Em seguida, posicione as demais flores nas laterais do vaso. Para manter a proporção, uma boa dica é sempre colocar as flores em quatro pontos na circunferência do vaso, como se estivesse montando um relógio com flores ao meio-dia, três, seis e nove horas.

Dê preferência para iniciar com as flores maiores e depois adicione as flores menores aos poucos, de forma homogênea pelo vaso. Para finalizar, tampe os espaços vagos com folhagens. Isso cria uma sensação de amplitude no arranjo e dá um acabamento perfeito.

Confira os vídeos abaixo para aprender como montar três opções de arranjos com flores naturais superespeciais na prática!

 

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ARTEX (@artex)

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ARTEX (@artex)

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ARTEX (@artex)

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Conteúdos que você vai gostar também: