7 Itens que não podem faltar em um quarto montessoriano

7 itens que não podem faltar no quarto montessoriano

A nova febre entre mamães e papais é montar um quarto montessoriano. O estilo é inspirado no método criado aproximadamente em 1907, pela educadora italiana Maria Montessori. Nele, a ideia é dar autonomia para que as crianças se desenvolvam com liberdade e segurança.

A autoeducação é a base de todo o método montessoriano. Por isso, no espaço desenvolvido nessa concepção, é comum que toda a decoração e mobiliário sejam incluídos pensando nas crianças, não nos adultos. Quer saber como? Confira alguns elementos que não devem ficar de fora na montagem do quarto.

1 – Cama montessoriana

Quarto montessoriano, cama montessoriana

Ao invés de começar a montagem do quarto com um berço que, posteriormente se transforma em uma cama, o recomendado é apostar em espaços para dormir que fiquem próximos ao chão. Assim, os filhos ganham total liberdade para deitar e levantar quando bem entenderem.

A cama montessoriana que faz mais sucesso é a que tem formato de casinha. O formato lúdico estimula a criatividade e oferece a opção de pendurar móbiles, luzes e outros brinquedos instigantes.

2 – Barra de apoio

É comum que os bebês comecem a andar com a ajuda dos pais. Porém, o método aponta para a importância de que eles tenham independência nos primeiros passos. Com uma barra de apoio fixada na parede e na altura do neném, é possível que ele se apoie, enquanto ganha confiança e firmeza nas pernas para, assim, conseguir caminhar.

3 – Cabana para quarto montessoriano

Cabana para quarto montessoriano

Quem nunca pegou uma porção de travesseiros e lençóis e montou uma cabana na infância? No quarto montessoriano, uma barraca estimula os pequenos a entrar no universo da fantasia, dando a eles a oportunidade de brincar de forma lúdica e em um espaço só seu.

O cantinho pode receber pequenas almofadas para encorajar um cochilo à tarde com independência. É possível também encher a casinha com bichinhos de pelúcia e outros brinquedos que a criança goste.

4 – Espelho

Reconhecer-se como indivíduo é o principal objetivo de ter um espelho na altura do seu filho. Dessa forma, ele pode desenvolver a autonomia e entender que é uma pessoa distinta da mãe. Com o reflexo sempre disponível, ele consegue identificar suas expressões e possibilidades de movimentação do seu corpo.

Algumas medidas de segurança são necessárias com a instalação de um espelho no quarto infantil montessoriano. Indica-se colá-lo em uma placa de MDF antes de prendê-lo na parede. Assim, se o artigo quebrar, não haverá pedaços de vidro espalhados pelo quarto.

[do_widget id=custom_html-14]

5 – Estante de livros

Estante de livros no quarto montessoriano

Incentivar o hábito da leitura é algo imprescindível na criação de um bebê. Porém, um erro comum é deixar os livros na altura dos pais. Vale salientar que, segundo o método, é importante que a criança escolha o momento de ler e folhear uma publicação, ver suas imagens e ser instigado por suas cores e formatos.

Pensando nisso, coloque pequenos revisteiros espalhados pelo quarto, sempre na altura dos pequenos. Existem também prateleiras especiais, que deixam à mostra a capa do livro, ao invés de sua lombada, para que o seu filho escolha o que quer ler.

6 – Brinquedos montessorianos

Nada de celular, tablet ou televisão. A pedagogia pede que os brinquedos sejam todos educativos e que estimulem a descoberta através do tato, olfato, visão e audição. Entre eles estão móbiles, chocalhos em madeira, instrumentos musicais, torres de construção, fantoches, naninhas e outros brinquedos sensoriais.

Lembre-se que eles também devem ficar ao alcance dos pequenos. Por isso, aposte em estantes baixas, caixas, cestos e prateleiras. Para não gerar monotonia, especialistas recomendam que haja um rodízio entre os brinquedos, que devem ser trocados a cada quinze dias.

7 – Tapetes

Tapetes quarto montessoriano

Já deu para entender que o quarto montessoriano é um espaço onde seu filho vai correr livre, não é mesmo? Por isso, a segurança é imprescindível. Uma das formas de manter o conforto e proteger as crianças é o uso de tapetes. O ideal é optar por um modelo que seja felpudo e antiderrapante. É possível também substituí-lo por revestimentos em EVA.

Outras medidas de segurança são evitar móveis com quinas, proteger as tomadas e optar por fita dupla face para fixar objetos na parede. Dessa forma, seu pequeno terá um espaço divertido, lúdico, estimulante e seguro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Conteúdos que você vai gostar também: