5 segredos que ajudam a escolher a melhor cortina para sala

6 truques para escolher a melhor cortina para sala

Já reparou na importância que a cortina tem na decoração dos ambientes? Se bem escolhida, ela passa sensações de aconchego, amplitude, conforto e elegância. Por isso, caprichar no momento de investir em uma cortina para sala é o segredo para compor um ambiente gostoso e convidativo.

Atentar para as cores, texturas, o tamanho ideal, a transparência são algumas das medidas que garantem o sucesso da escolha de uma cortina para sala. Para te ajudar nesse momento, listamos alguns truques para você seguir e acertar na escolha da cortina ideal!

1- Pense no tipo de ambiente que você deseja criar

Cortina para sala - ambientes(Reprodução – Pinterest)

Ao escolher cortinas de sala você deve, antes de mais nada, saber qual é o conceito do ambiente em que ela estará. Assim, moderno, rústico, industrial, minimalista, clássico, entre tantos outros, são estilos que ajudam a definir e nortear o produto ideal.

De nada adianta, por exemplo, apostar em uma cortina para sala de estar com tecidos pesados e grossos se você deseja um ambiente clean. Ou, por outro lado, investir em uma cortina para sala escura se o espaço é pequeno e necessita de claridade e sensação de amplitude.

2- Avalie com cuidado o tecido para cortina de sala

Cortina para sala - tecido(Reprodução – Pinterest)

Espaços aconchegantes pedem tecidos como com fibras naturais, que dão um volume médio e trazem conforto. Portanto, se você deseja modernidade, cortinas de seda podem ser a alternativa ideal. Um ambiente clean, por outro lado, pode receber bem o voil, que é um tecido levinho e transparente.

Persianas conferem um efeito mais básico à sala, ao passo que se você deseja um espaço extravagante, as cortinas em tons mais fortes ou estampadas são a melhor pedida. Dessa forma, artigos leves não funcionam muito bem em janelas grandes demais devido à quantidade de vento que passa por ali; já as mais pesadas não podem ser dobradas ou presas – e esse é um ponto fundamental a ser considerado.

3- Considere o padrão de tamanho da cortina

Cortina para sala - tamanho(Reprodução – Pinterest)

Em geral, a cortina vai do teto até o chão de uma sala. Entretanto, exceções podem ser observadas em janelas pequenas, que comportam tecidos mais leves e com, aproximadamente, 30 centímetros a mais de comprimento que seu próprio tamanho.

A seguir, te explicamos como medir a cortina da sala. Veja:

Para cortinas pequenas, na largura, deixe cerca de 10 cm a mais. Na altura, o varão ou trilho devem ser instalados pelo menos 15 cm acima da janela. Para baixo, 30 cm é uma medida aproximada de tecido que deve sobrar.

As cortinas compridas devem ultrapassar pelo menos 10 cm na largura da janela, de cada lado. Assim, na altura, vale o mesmo que a cortina pequena, com diferença de 15 cm acima da janela e, no comprimento, a dica é deixar a cortina ir a até 3 cm antes do chão. Porém, é importante que você nunca deixe a cortina arrastando no chão.

4- Avalie o ambiente para optar pela cor ideal

Cortina para sala - cor(Reprodução – Pinterest)

Salas decoradas com tons mais escuros e sóbrios devem receber cortinas claras e peças com aparência suave. Portanto, tecidos finos e mais transparentes são os ideais, já que permitem a passagem do ar, da luz e conferem elegância ao ambiente.

Espaços que contenham televisão ou quartos pedem um forro de cortina blackout, que pode ser fechado à noite e mantido aberto durante todo o dia. Enquanto isso, o tecido mais fino e leve se destacará e trará luminosidade ao ambiente. Lembre-se de que cores neutras são atemporais e funcionam com os mais variados estilos de decoração.

5- Tem sala pequena? Veja como escolher a melhor cortina

Cortina para sala pequena(Reprodução – Pinterest)

As cortinas para sala devem ser escolhidas considerando uma série de critérios. Um deles é o tamanho do ambiente, pois, se ele for pequeno, os cuidados devem ser maiores. O fundamental, em espaços com tamanho reduzido, é não abafar o ambiente. Por isso, invista em tons claros de cortina para sala pequena.

[do_widget id=custom_html-14]

Branco, bege e nude são ideais, pois não chamam muita atenção para si e conferem mais amplitude. Em relação aos tecidos, os mais finos são preferíveis, já que viabilizam a passagem da claridade e deixam o espaço mais arejado. Um voil estampado, por exemplo, até pode ser utilizado, mas os desenhos devem ser bem pequenos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Conteúdos que você vai gostar também: